quinta-feira, 30 de agosto de 2007

| cinema | Simpsons, O Filme

Tem culpa lá eu?

Já havia escrito sobre o longa da família amarela aqui.

Hoje fui assistir novamente, só que dublado.
E eu ri, e ri muito, como se fosse a primeira vez. Conhecia a estrutura, sabia as piadas e o que aconteceria em cada cena, e ainda assim ri das mesmas coisas. Ponto para o filme.

Claro, a maravilhosa companhia colaborou...ela só fazia rir do meu lado, sem acreditar no que estava vendo. O olhinho brilhava, enquanto ela ria e ria...e eu acabava rindo junto. Bala!

-Disfarça...
- Óinc!

Mas nem por isso a lado racional ficou desligado. Depois do estranhamento inicial de não reconhecer justo a voz do Homer , pude prestar atenção em mais detalhes do filme. Primeiro, deu pra ver que tem algumas referências a outros filmes, ou à própria série. Mas a maioria não reconheci. Depois, também prestei atenção ao cuidado que eles tiveram com a animação em si, bem consistente e detalhada. Percebi o drama bem intercalado com o nonsense, em um roteiro que deve ter dado um trabalho pra decupar. A trilha é bacana, com algumas variações do tema da TV e do já clássico tema do Porco Aranha. É um fime divertidão, pra assistir sem medo, pra rir bastante.

Assista!

3 comentários:

Felipe disse...

Aha! You dog!
Eu também ri muito durante o filme e o que mais me impressionou é a maneira que eles conseguem ser tão politicamente incorretos e agradar tanto.

Tati disse...

Muito divertido!! Adorei! E as referências são ótimas, apesar de eu só lembrar da mais óbvia, do filme do Al Gore. Mas acho que tem mais umas que talvez eu lembre um dia...Enfim, foi realmente um ótimo programa para um meio de semana!

San disse...

É, Billy...no dos outros é refresco. E essa galera do Matt Groening leva isso a sério.

Pois bem, Tati, repetiremos a dose.
E tem coisas importantes nos créditos, depois de Tom Hanks.
Devo postar depois.