segunda-feira, 10 de setembro de 2007

| cotidiano | Rápidas ( ou nem tanto )

Às vezes acho que escrevo muito, aqui no Salada. O que vocês, leitores, acham?

De antemão, me "defendo":

1 - A maioria sabe que eu falo pouco, normalmente escuto muito mais...isso talvez explique o porquê que toda vez que eu me preparo pra escrever não me contenho. Por exemplo: esse post tinha imaginado só com a primeira frase e com outras notícias curtas, mas já estou no terceiro parágrafo. É um negócio compulsivo...agora que escrevi, nem quero apagar. Deixa aí pra eu ver o que vocês falam.

2 - Eu sou meio prolixo mesmo...e me disperso, os assuntos vão passando na cabeça, eu vou tentando organizar e...bom, dá nisso aí que vocês estão lendo. É um pouco como projetar, vou me deixando levar na correnteza das idéias, a maioria das vezes sem um rumo ou destino fixo. Claro, o grande risco dessa história toda é naufragar...e um grande efeito colateral é que eu dificilmente consigo explicar exatamente o que estou pensando.

Na maioria das vezes, o resultado é muito menos importante pra mim do que o processo, esse sim enriquecedor. Por me comportar assim, dificilmente tenho receio em descartar uma idéia e recomeçar, já que viver o processo é que é prazeroso. E como qualquer outra coisa, essa atitude tem efeitos bons e ruins. Ultimamente tenho posto esses valores em cheque, já que eles fatalmente me transformam num cara que não termina as coisas que começa, e que fica indefinidamente fazendo várias coisas ao mesmo tempo.

3 - Esse é um espaço bacana, que gosto de usar.

Me divirto olhando, por exemplo, pessoas que chegam até aqui a partir das pesquisas no google. Não vi nada muito inusitado até então, mas estou nos primeiros lugares quando pesquisam por "Nico di Mattia", por "Jogo dos transformers" ou por "harry potter e as insígnias da morte" . Muito por isso, ativei uma busca aí do lado e o Adsense do google que, enquanto escrevo, está colocando links para "trailers de filmes" e para "tunar seu carro" (!?), além de "escola para atores" e "sebos no RJ". Quero ver se alguém clica nesses trecos.

Mas esse não é um blog para paraquedistas...eles não passam nem um minuto por aqui. Ele ainda é feito pensando em dizer coisas a um grupo meio restrito, que de alguma forma se importa com o que penso.
E assim tento escrever o melhor texto possível...mesmo que fique longo.

E teria mais coisas a dizer, mas gostaria de saber mais do lado aí de vocês.
Afinal, cá estou eu novamente escrevendo feito um condenado, quando poderia ter deixado ( e tinha planejado ) uma única frase.


E, depois dessa catarse, os tais fatos rápidos que iria citar:

1 - Hackearam o site da Bahiatursa, mas ao que parece ninguém notou. Tadinhos dos hackers...deve ser a pior coisa do mundo pra um cara que teve o trabalho de sacanear com alguém e nem esse alguém parecer notar isso.
Bom, fiquem felizes, pessoas do Ritualistas Group: Eu notei o trabalho de vocês! Melhor ainda, eu achei uma sacanagem, já que justo hoje que eu estava querendo ler umas coisinhas por lá.

A imagem:


Pronto, fiz a boa ação do dia...

| Update | a princípio, parece até que tem um pouco de ativismo na ação dos Hackers. Na imagem que agora está lá, existem alguns dizeres em um inglês meio macarrônico:

Do lado esquerdo, em cima, algo como "Sonhadores continuam sonhando, outros deixam seus sonhos de lado. Mas aquele que sofre com a pobreza transforma seus sonhos em um pedaço de pão"
E do lado direito, "O corpo humano consegue suportar a fome? a resposta é NÃO".

Bom, não sei muito bem qual o alcance disso. Mas enviei um email pra redação d'A Tarde com o link hackeado.



2 - É, Pavarotti morreu. Fiquei impressionado com a quantidade de gente que foi ao enterro, e com a comoção que demonstraram. Apesar de não ser frequente em minhas listas de músicas, gostava da maneira como ele cantava, e lembrei de bons momentos ouvindo-o. Não é que deixei uma lágrima correr enquanto via imagens dele, e de suas apresentações? No fim, essa foi minha reverência ao cara, e à sua dedicação à música.


3 - O Google reader agora mostra exatamente quantos posts faltam ler, e colocaram um conveniente botão de pesquisa para feeds. No popular, demorô!


4 - Assisti a uma propaganda bem estranha esses dias: ao som de uns atabaques esquisitos, uma mãe-de-santo joga búzios pra um casal. É uma propaganda que diz que ele vai comprar um carro e que depois ainda sobraria uma grana para ela finalmente realizar o casório. Bom, além dos atabaques, do cenário colorido e do sotaque arrastadíssimo da suposta Baiana, colocam a mãe-de-santo pra falar "Minha rainha".
Velho, alguém já ouviu isso? Claro, na cabeça do roteirista, que com certeza nunca se dispôs a vir por aqui, se nós falamos "Meu Rei" é óbvio que existe o termo no feminino. Se a peça foi feita pra passar só aqui ou em rede nacional, não importa: em ambos os casos é um vexame ver que alguém produziu um negócio desse, caro, sem nem fazer um mínimo de pesquisa. Terrível.


5 - Já viram as novidades da Apple, né? Nova linha de Ipods, desconto em Iphones, Itunes direto via wi-fi... Massa mas, como sempre, totalmente distante de nós. E pegou muita gente desprevenida, e em especial aqueles que pagaram caro e ficaram em filas pra comprar seu IPhone menos de 2 meses atrás. Esses, que há alguns dias amavam o Steve Jobs ( Dono da Apple ) já estão por aí fazendo a caveira do cara, já que agora o telefone com touch screen custa duzentos dólares a menos.

E o mais divertido é ver essa reação no "The Secret Diary of Steve Jobs". Pra quem não conhece, é um blog de um cara, até então anônimo, que diz ser um falso Steve Jobs e que faz graça escrevendo como se fosse o verdadeiro. Sacaneia tudo e todos que falam sobre a empresa de Cupertino, e existe uma corrente de pensamento que garante que na verdade é o Jobso real escrevendo. Fato é que ninguém sabe ao certo. Seguem alguns links:

Today we change the world...again , logo antes da apresentação dos novos produtos.

E depois:

Sorry

You're Pissed

Be afraid

Yeah, we fucked you

Remember the magic?

E tem outros por lá...dêem uma passada depois.



6 - Pra finalizar, um vídeo muito besta mas que ri bastante enquanto almoçava: uma série de dicas para aqueles que, como eu, estão destreinados na arte da sedução.

Bastante elucidativo :)



Vi no Bernabauer.

3 comentários:

Felipe disse...

Velho, você podia tentar separar cada assunto em um post diferente. Na minha opinião posts longos são difíceis de manter o interesse do leitor. Quando eu escrevia para jornal meu editor vivia batenod na tecla de que os textos devem ter períodos curtos e a idéia principal no primeiro parágrafo.
Quanto às visitas, bem, é legal constatar que seu blog serve pra alguma coisa. O meu tem tido uma boa quota de visitas, tanto dos amigos, como dos paraquedistas. Já recebi emails e mensagens de pessoas pedindo ajuda, ou querendo tirar uma dúvida.
Abraços.

KK disse...

Rapaz... eu vi essa propaganda também e achei uma BOA MERDA! (risos) Ridícula!!! Até o resto dos brasileiros (não-baianos) já cansaram desse tipo de rótulo. Que chato! Como diria Charlie Brown... Que puxa!
Ah! Concordo com Billy. Esse negócio de textos longos e prolixos não combina com blog. Bjo!

San disse...

Valeu, Billy e Kaka...concordo com vocês, vou dar uma mudada no blogue. Posts mais curtos, mais rápidos, realmente são mais interessantes, até pra dar mais visibilidade aos maiores.